Pudesses tu ver...


Queria que sentisses a dor que sinto
quando a tua ausência é escura e fria...
talvez pudesses perceber o que pressinto
à noite na margem amarga da ria.
.
Pudesses tu ver o que resta desta alma
quando chora lágrimas de tanta loucura
talvez pudesses perceber por entre a calma
o frenesim deste sentimento sem textura.
.
Pudesses tu nadar neste sangue fervente
quando me lanço neste escrever apressado
talvez pudesses perceber como é demente
esta sede imensa de te ter a meu lado.
.
Pudesses tu sonhar a dimensão deste amor
quando me deito e acordo para me levantar...
terias uma insónia infinita com dor
para que assim sentisses como é o meu amar.

 

"Por mais palavras que escreva, por mais reflexões e apontamentos que faça, há sentimentos e sensações que se resumem em tão pouco… e como o “tão pouco” pode ser tanto para alguém!"

9 Desabafos:

Espelho meu disse...

"...talvez pudesses perceber como é demente esta sede imensa de te ter a meu lado..."

Epá...se não fossem tuas, faria minhas estas precisas palavras...
Sim, porque somos dementes, é a explicação racional! LOL :D

Um dia, aqueles que não estão ao nosso lado, vão perceber isso...i hope... ;)

Beijocas*

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Um bom casamento entre a escrita e a imagem (também ela escrita).

Muito bom.

Abraços

Lêda Maria disse...

Tenho selos pra vc :)

bruxamarytsha disse...

Quano o amor é vivdo unileteralmente, há essa dor, esse querer que o outro sinta o que nos faz sofrer. Belo poema, beijocas

izzie disse...

Bem... eu desta vez fiquei mais presa nas tuas ultimas palavras...
O tão pouco ser tanto... ou mesmo o demais passar despercebido...
É a singularidade da mente e percepções humanas... do coração de cada um.

Beijo,

Anjo Negro disse...

Adorei ... As palavras para ti sabem conjugar-se a teu belo prazer, todas fazem sentido ...
Como sempre o AMOR, aqui é escrito com elegancia e saber ...
" ... Pudesses tu nadar neste sangue fervente, quando me lanço neste escrever apressado,
talvez pudesses perceber como é demente esta sede imensa de te ter a meu lado..."
Esta quadra é Linda, Linda ...
Beijos Anjo Negro

sonhos/pesadelos disse...

lindo, nada mais tenho a dizer...apenas que está mesmo lindo...
bjs endiabrados

XS disse...

Óptimo.No mínimo...

Milésimo disse...

Tenho alturas que penso que é fácil escrever como tu mas depois as palavras não saem com magia... como as tuas... como os teus poemas
Mais uma vez brilhante poema

Um abraço