...Obrigado!


Há um segredo bem guardado...

Há um segredo bem guardado
Negro, escuro, imundo
Que é do conhecimento
De todos os poetas do mundo

O segredo não é escondido
Está escrito, publicado
Deixamos as pistas ao vento
Para quem seja chamado

A tentar, como nós
A escrever os sentimentos
A descrever em palavras
Cada um dos seus momentos

Mas sabemos que é falso
Tudo aquilo que escrevemos
Não são simples sentimentos
Apenas memórias que revemos

E o poema resultante
É um exercício mental
Não apenas de inspiração
Mas inspirado afinal

E o tormento dos poetas
Que toda a sua vida revive
É a noite, a paz, a calma
Em que o medo reside

E o medo, sentimento mau
Não é um monstro horrendo
Mas os pensamentos estranhos
Que vivemos temendo

As dúvidas, as incertezas
Os melhores e piores momentos
Revivemos constantemente
São os nossos tormentos

Tentamos ocupar o cérebro
Música, rádio, televisão
Tudo o que evite pensar
Até serve a exaustão

Um poeta ama a vida
A sua, e a dos outros
Não por se sentir mais vivo
Mas para não se sentir morto

E temendo a paragem,
A calma, a paz, essa viagem
Continua sem rumo certo
Sentindo apenas uma aragem

Dos momentos que passaram
Das felicidades vividas
Dos temores que nos rodeiam
Das oportunidades perdidas

E dormindo sem sonhar
Ou, pelo menos, não se lembrando
Uma alma atormentada
Vai caindo no engano

É o tormento dos poetas
Reviver o mundo frio
Atravessando assim a vida
De fio a pavio...

(…não sou poeta apenas tento transmitir o que sinto ao escrever… na falta de companhia uma folha branca ou outro qualquer pedaço de papel é o meu escape… e escrevo os meus desabafos… sobre alguém mas para mim, para vocês e para quem os quiser ler…)

Obrigado  a todos…sem excepção!

12 Desabafos:

OnlyMe disse...

Parabéns pelas 3000... ;) É sinal de alguma coisa... :)
Ainda não cheguei ao teu 1º post, mas um dia, quem sabe, vou reservar a noite para lá chegar.
Até lá, só quero dizer-te que é um prazer muito grande ler-te e até parece muito fácil colocar em palavras tudo o que nos vai na alma, como tu tão bem o consegues... ambos sabemos que não!... Quem me dera esse dom... :P

Jinhos :)

sonhos/pesadelos disse...

eu é que fico grata por ter encontrado o teu blog, que não perco de vista!!!! escreves com alma, sentimento, paixão,mesmo que na amargura ou solidão as palavras fluem e brilham, parabéns!!!
bjs endiabrados

Anjo Negro disse...

3000 mil ... E é pouco amigo, vais chegar mto longe ...
Ler-te é um prazer enorme, sendo poeta ou não, os sentimentos que transmites na dança das palavras é unico, sabe tão bem ler te ...
Escreves o Amor como ninguem, a paixão, e o coração, estão lá sempre presentes ...
Beijos Anjo Negro

maria disse...

3000...PORQUE SERÁ???
TU MERECES "MÍUDO"
BEIJINHOS
MARIA

izzie disse...

Partilho em completo as palavras da sonhos...
Tu sabes... eu sei porque 3000 foi tão fácil de alcançar :)
Parabéns e obrigado eu (atrevo-me a dizer nós!)

Beijinho,

Roberta Albano disse...

a poesia é uma dedicação a arte
nem importa muito o estilo

(tirando os parnasianistas, eles nao faziam poesia :P)

Eliane Santoro da Costa disse...

Parabéns você merece!
Acho que o mundo do poeta é muito sofrido.
Tem um prêmio pra você no meu blog de selos.

Um abraço!

Milésimo disse...

Nas 3000 visitas sei que contribui pouco mas para os 4 e 5 mil fica aqui a promessa que irei contribuir pois considero que és um modelo de escrita. E eu aprendo muito ao visitar-te.

Um abraço

Majo disse...

Muitos parabéns.

Que continues sempre a deixar em nós a tua marca através do que escreves. E por mim falo, que tantas e tantas vezes me revi no que rabiscas numa folha branca...

Bjinho ;)

Espelho meu disse...

Ohh meu amigo? 3000? Só? ehheheh :D

PARABÉNS!

Sabes que cada vez mais e mais depressa o número vai aumentar drasticamente, porque a tua escrita merece o reconhecimento exponencial de todos os que gostam de ler e apreciam quem sabe escrever com a alma! :)

Obrigado nós, como se atreveu a Izzie a dizê-lo! :D

Um grande beijinho*

najla disse...

Então, muitos parabéns pelo número...quer dizer muita e muita coisa.

beijitos

Paula Raposo disse...

E assim vamos escrevendo e desabafando...eu ando sempre com um livro onde escrevo. depois publico nos blogs, em livro, ou guardo...eh eh beijinhos.