Estás aí?


Se estiveres aí,
deixa-me ouvir a tua voz…
deixa-me ver o teu olhar…
Se estiveres aí,
deixa-me sentir o teu cheiro,
deixa-me sentir o teu tocar.
Se estiveres aí,
deixa-me sentir que estás…
Não sejas apenas lembranças…
sê mais, muito mais.
Ou então vai…
Deixa-me aqui ficar…
Onde um dia me encontraste…
Fico contigo no coração…
Fico contigo na recordação…
Ficarei então… na mesma solidão,
que um dia me deixaste…
Esta é a tortura da paixão.
Mas quero voltar a respirar o teu ar
e não quero ver-te partir.
Quero voltar ter esse teu olhar…
Quero ter de novo vontade sorrir. }i{

5 Desabafos:

Espelho meu disse...

Ela está de certeza, mas espero que não a mesma... :)

Belíssimo texto amigo...!

Fico feliz por "estares aí"! :D

Um grande beijinho*

*Lisa_B* disse...

Olá eu estou aqui :-)
Ah como? Ai não era para saber se estava aqui alguém para ler ? Pronto fora de brincadeiras...concordo com a Cátia...espero que não seja a mesma pois bater num erro nem se deve perder tempo a não ser que se escreva muito bem por causa desse "erro".
refiro ser optimista e que já estejas de olhos voltados para um novo rumo e a saudade possa ser do que ainda não se conheceu...;-)
Vou ter de mandar um prémio pela inspiração a ti e nina Cátia às tantas não? Vou dormir sobre o assunto.
Beijinhos meus

PuCCa disse...

QUE TEXTO LINDO... Já chorei a ler... mas eu sou uma chorona!... Sinceramente tenho a certeza que está!... Mas como o Espelho Meu, espero que nao seja quem de fez sofrer... bjos

bruxamarytsha disse...

Nossa, tomara ouçam seu apelo lindo e sensível. Belo poema, tem selo pra vc, beijocas

*Lisa_B* disse...

Feliz dia do blogueiro amigo ...
beijinhos