Não é dia da mãe...mas tinha que ser?


Mãe:

O ser Mãe é um acto divino.

Ser mãe também é guardar no peito a dor de um destino não previsto, não planeado, para aquele filho que tanto deseja em oferecer sorrisos que transportam lágrimas escondidas para assim aliviar a angústia e o medo do futuro.

Ser mãe é ter um imenso amor que não tem fim, que ninguém consegue explicar, apenas quem é consegue sentir.

Mãe é aquela que, mesmo sendo adulta, volta a ser criança.

Ser mãe é aquela que acredita no certo, mesmo quando o certo é errado.

É aquela que ralha com os filhos e que minutos depois arrepende-se e mostra-lhes caminhos para que escolham, é aquela que aconselha.

Mãe é aquela que não vê apenas o seu filho sofrer, mas que sofre juntamente com ele.

Acima de tudo, é aquela que não só ama, mas também respeita.

Enfim, mãe é aquela que protege contra tudo e todos... é o porto de abrigo.

Por isso tudo, ser mãe é ser especial.

É uma grande força que une vários sentimentos num só.

É um amor no qual podemos confiar, pois é verdadeiro e forte, como uma rocha que a tudo resiste.

Por isso, nada pode destruir, muito menos, apagar.

É um ser inexplicável.

A única coisa que sabemos é que, sem ela seria impossível nascer.

Podemos dizer que ela nunca deixa de existir, ela nunca parte…

Pode-se ausentar do mundo em que vivemos, mas mesmo assim, nunca a esqueceremos, porque para além de tudo, nunca esquecemos quem nos deu e moldou o coração!

Dedico estas palavras a todas as Mães, à minha principalmente (senão ela fica com ciúmes) e a três pessoas (por razões totalmente diferentes), com quem eu tenho conversado muito e criado um laço de amizade muito grande. Tornaram-se pessoas muito importantes para mim, por me ouvirem, por me fazerem companhia, por me aconselharem, por terem mostrado que ser amigo não implica presença física.

A elas : Cristina, Cátia e Silvana, todas elas Mulheres guerreiras... um grande beijo e o meu muito obrigado por tudo.

Ok..pronto...eu não me esqueci de voçes: Elsa Ribeiro, Elsa Graça, Iolanda, Angelina e Sandra... também Mães e Mulheres lutadoras.

21 Desabafos:

Tecnenfermaginando disse...

não agradeça
permita-me compartilhar

já é um prazer

:)

sagitario disse...

todos os dias são dias da mãe, pois ser mãe é um milagre da natureza, mas também uma grande provação, pois em muitos casos o papel da mãe é uma prova de resistência, estou a referir-ma às mães que criam os filhos sózinhas, essas são verdadeiras guerreiras e nem lhes sobra tempo para elas.
E falo por experiência própria, pois foi esse o meu caso em consequência do pai estar sempre ausente em todos os aspectos, mas foi realmente a coisa melhor que tive na vida, foi ser mãe a tempo inteiro, não é desejável mas é possível e agora sinto-me compensada em ser avó e ver o meu neto estar rodeado de uma familia completa, mais o meu filho quer compensar o filho dele daquilo que ele não teve, por isso a vida traz-nos de volta aquilo que nos tirou

Moonwisher disse...

Claro que sim. Escrevo para isso mesmo...partilhar!

PALAVRAS AO VENTO disse...

Que lindo, hein...
Falou de mãe. Somos seres privilegiados e você um homem e pai abençoado por perceber o quanto essa missão é divina.
Obrigada por estar ao meu lado, por teres um coração lindo. Parabéns pra sua mãe, vc é fruto dela, um fruto bem produzido.
Obrigada
Deus te abençõe
abraço apertado
silvana

Babi Mello disse...

Mãe, seu dia são todos os dias.
Obrigado por me visitar e é uma pena que não me deixou comentário
Volte sempre lá.
Bj!

***Fran*** disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
crt.z disse...

adorei seu blog,suas palavras veio num momento certo ,numa hora precisa.Obrigado por voce existir.Que Deus te abençoe sempre.
Beijos,
Thania

Luciana disse...

Olá mocinho de lá de longe rsrs Goste muito daqui,vc escreve muito bem o texto EU(É isso mesmo?Tem um texto c esse nome rs?)é lindo,gostei do teu jeito!
Volto sempre rs

Peregrina disse...

Um desafio te espera no meu blog :)
Um beijinho*

PS: As mães são o que de melhor temos na vida. Todos os dias são dias de lhe dizermos, e mostrarmos, que as amamos!

Filó disse...

A TODAS AS MÃES DO MUNDO

UM XI CORAÇÃO.

Espelho meu disse...

Agora corei mesmo, mas no coração! LOL :D

Obrigado pela bonita dedicatória...Como a troca de galhardetes irá continuar indefinidamente, terei de dizer que a tua passagem na minha vida também foi importante porque há muito que não me faziam sentir importante...tu conseguiste-o e sei que foi sempre com verdade em cada elogio!
Sinto-me feliz por conseguir, como disseste, ser uma amiga presente, mesmo na distância.
Sei que também o és para mim...
Obrigado...

Espelho meu disse...

E claro, mais uma belissima homenagem ao feminino, especificamente a todas as mulheres que nos carregaram em seu ventre, e mais que a vida, deram-nos a própria vida através do seu eterno carinho e amor incondicional...

Dá um beijo grande à tua mãe e nunca deixes nada por lhe dizer porque embora imortais, infelizmente não ficam junto a nós para sempre...*

Sininho disse...

Um homenagem a todas as mães..pois elas merecem :) bj

Angelik disse...

Lindo!
Beijocas

PuCCa disse...

simplemente indiscritível. Obg amigo!

PuCCa disse...

Adorei.

***Fran*** disse...

querido..vim pedir desculpas pelo meu comentario...cometi um erro..nao vi o seu perfil e me pareceu ser um blog feminino.Perdão viu.Saiba que adorei seu cantinho e as lindas poesias.

Tyellë disse...

Mãe é o significado da palavra AMOR...
linda dedicatória , todos os dias é dia das mães

bjus
obrigada por me acompanhar, vou acompanhar o seu blog tbm

Vanessa disse...

Mais um texto que expressa o tamanho do teu "coraçãozinho".
Que mais posso eu dizer? Basta ler os teus texto e está à vista de todos a pessoa o és...amavél, carinhoso, amigo, prestável, corajoso, de um interior magnifico, de actos já extintos.
És um ser raro...de um valor incalculável. É uma dádiva ter te entre o meu pequeno grupo de amigos e nunca me canso de o dizer. Só quem te conhece tem o privilégio de dizer: Conheço um anjo!

Viviane disse...

Olá estou passando para te visitar, dizer que agora também sou sua seguidora, agradecer por sua visita, falar que voltarei sempre...Parabéns por seu blog. Beijos Vivi.

Brown Eyes disse...

Simplesmente magnifico. É difícil ser mãe porque é difícil entendermos a imensidão do seu amor. Tudo nos preocupa e se pudéssemos guardávamos o nosso rebento numa redoma de vidro. Não queremos que ele perca a liberdade apenas protege-lo. . Duas coisas que não se coadunam, protecção e liberdade, mas gostaríamos.