Depois de ti, perdi o sentido...


Depois de ti, perdi o sentido... os diversos caminhos deixaram de ser uma escolha minha, porque já não estavas por perto. Perdi-te num dia qualquer sem dar conta... perdemo-nos... já não consigo recordar o ultimo olhar... a ultima palavra... Já não consigo fechar os olhos e ver o teu sorriso. Talvez, porque obrigo-me a esquecer-te... Custava respirar em cada novo dia , sentir o peso das horas e ter esta certeza... Há dias em que ainda paro, e agarro-me á ilusão de que um dia tudo é possível. Já não espero por ti, mas ainda te sinto, com a mesma intensidade que te amei em cada momento que partilhamos. Deixei-te tão pouco... e marcaste-me tanto.Sinto a fragilidade de cada novo passo, tão incerto, tão a medo ... Hoje sei que a distancia que existe entre nós é impossível de contornar... e estivemos tão perto... agarro-me a essa ilusão para ter a certeza de que a vida pode contornar cada passo em falso. Já nada tem sentido, nem eu, nem o que tento dizer-te neste mundo de silêncios que se abateu sobre nós. Perdura esta memoria de ti, que não ultrapasso, e que quero guardar para manter aqui, um pouco de ti.
Esquecer que se está sozinho. Que a cama está vazia e que, mesmo assim, não te apetece sair dela. A chuva bate na janela como se alguém chamasse por ti constantemente. Reviras-te e aninhas-te de novo no teu mundo. Fartaste-te de ter alguém só por ter ou porque sabe bem simplesmente saber que se tem alguém.Tu... És como eu. Fartaste-te da banalidade com que se usa a palavra amor. E agora já nem sequer a pronuncias a ninguém. Se perdeste o significado dela? Se desacreditas nos que te disseram ao longo dos tempos? Não sei.O Amor pelo Amor... Esquece as palavras! Ouve o som das gotas de chuva que suplicam por um olhar teu. Sente o calor dos raios de sol que se rasgam intensamente só para sentirem o toque da tua pele. Abre os braços e abraça o vento, porque ele sopra louco na ânsia de te encontrar. Faz castelos na areia, mergulha no mar, passeia pelo campo, sente o cheiro das flores... Porque todos mostram o seu esplendor só para ti. Esquece tudo, esquece todas as banalidades do dia-a-dia, esquece as conversas de ocasião,esquece os compromissos, as promessas, as desilusões, esquece. Ama sem medo, sem receios. Eu estou farto desta censura. Aborrece-me que todos me digam que devia fazer "assim ou assado", porque lhes custa quando me vêm sofrer. Mas o que é afinal o amor sem sofrimento? Será que ainda acreditam em contos de fadas? Eu acredito em ti, só em ti se existires e acreditares no que digo não só por dizer. No que sinto sem receio de o continuar a sentir. Umas lágrimas aqui, outras ali. Umas noites sem dormir. O jantar que se esqueceu. O ar pálido de saudade. Tudo em vão, dizem-me... Mas eles não viram, não sentiram o suave toque da tua pele. O teu sorriso brilhava de tantas e tantas formas em cada momento que me olhavas. Não sabem, não sentem a beleza do que me disseste tantas vezes com um simples olhar. Censuram-me, dizem-me que devia ter alguém, que fique sempre, alguém que me dê estabilidade. Mas nunca me perguntaram se era isso que eu queria. Não é. Quero apenas guardar-te comigo. Não como uma caixinha de jóias ou como um objecto qualquer. Quero guardar-te como és. Perguntam-me se todos os riscos, ou todo o sofrimento é compensado pelos breves momentos em que existimos juntos... A minha resposta é um sorriso mudo. Se me perguntares o significado da palavra amor, não saberei decerto dizer. Sei uma coisa, tal como a chuva, o sol, o vento sabem de mim...
Sei que me contra digo mas é o meu estado...
O Amor pelo Amor não se exprime por palavras... mas na impossibilidade de o demonstrar de outra forma... escrevo.

3 Desabafos:

Elianne Brás disse...

Oi.
Da maneira como voce escreve só tem uma conclusão: Voce ama de verdade!
Acho super-legal o que escreve, nossa, voce ama mesmo essa pessoa.
Parabéns e força nesse amor que voce sente, viu?
Bjos

Valéria Gomes disse...

...e espero que continue a escrever sempre. Quando é que larga a "blogosfera" e parte para um livro?
Este texto "Depois de ti, perdi o sentido..." é fabuloso. A maneira como descreve o que sente faz nos encarnar a sua pessoa, faz nos viver um pouco dessa sua dor.
Um bj de uma admiradora sua.
Valéria Gomes.

Anjo Negro disse...

"...Amor pelo Amor não se exprime por palavras... mas na impossibilidade de o demonstrar de outra forma... escrevo..."

Nem sei oke dizer desta frase, é linda, sublime, nem sei oke dizer ...

Beijos Anjo Negro