Adeus...

Há tanto e tão pouco para dizer... dói tanto!!!

Só consigo sofrer em silêncio,
porque não encontro as palavras certas para mostrar o que sinto...
não consigo sequer falar sobre ti e saber que já não estás aqui.
Custa tanto saber que não estarás mais ao meu lado,
dói saber que não vou voltar a sorrir com o que dizes,
dói esta certeza de que nunca mais vou poder estar contigo,
olhar-te nos olhos, acariciar-te o rosto, sentir o teu abraço,
ter o teu carinho...
Mesmo que já tão distante, vi-te hoje pela última vez...
um último adeus sem que te possa sentir,
sem que me possas sorrir... doeu ver-te desta maneira.
É tão difícil dizer-te adeus quando se ama...

(Helena Marques) nomundodasilusoes.blogspot.com

5 Desabafos:

Anónimo disse...

Quando achares que estás no limite das tuas forças, olha para o teu interior e percebe que o “guerreiro” ainda nem sequer acordou… Ter medo é humano mas deixar de viver não é, nem deveria ser, uma opção.
Força Paulo. Tu és das pessoas mais especiais que conheço. Desistir nunca foi o teu lema, porque será agora? Já passaste por tanto e agora é que vais cair?
Por mais que façam uma imagem de ti errada, por mais que te ignorem, por mais que não queiram compreender e perdoar-te, perdoa tu!
És Amigo... com provas dadas. Erraste? Sim, errate e? É nestas ocasiões em que precisas de companhia, de compreensão, de amizade e eu aqui estou. Não por obrigação, estou porque quero, porque mereces.
Uma amiga... de sempre e para sempre! Bj

Adélia Romano disse...

Gostaria de começar por dizer que fiquei deslumbrada com a sua escrita.
Meu deus, isso é que é sofrer. Se o que está a passar, só lhe digo que "O presente é a sombra que se move separando o ontem do amanhã. Nela repousa a esperança."
Tenha esperança, nem que seja em encontrar uma pessoa que mereça as suas palavras, porque são belas demais para alguém que o faz sofrer.
Parabéns.

Luciana disse...

Desistir não é só deixar caminhar, mas perder uma oportunidade de se conhecer, de perceber que tudo que vale a pena nessa vida é conquistado com muito suor; e que desistir, na maioria das vezes, é a parte mais fácil dessa caminhada.
Lutar sempre
Vencer talvez
Desistir jamais
Teu blog é lindo

Cristina Oliveira disse...

Corre atrás, tu desistires?
O sonho e o prazer de um grande amor caminham lado a lado através do tempo.
Vá...não desistas.
Será que deixas-te de ser o "Benza" que conheço? Será que deixas-te de ser aquela pessoa forte que me apoiavas quando mais ninguém estava por perto?
Nem quero saber, quero o meu amigo "Benza" de volta!
Continuas a escrever como ninguém. És tão especial.

Anjo Negro disse...

Adoro as tuas imagens nos post´s, são lindas ...

Doi kando se sofre, e por amor, ainda mais, é uma ferida sem marca!

Mas a dor tbm ensina a não voltar a cometer os mesmos erros ...

Mas o Amor, no Amor os erros repetem-se e nada se pode fazer...

Beijos Anjo Negro