Chama de saudade


De vez em quando eu penso em ti

e então minha voz se cala,

o meu corpo estremece

e meu coração bate desesperadamente...

Uma lágrima se atira a esmo no espaço

e meus olhos se perdem no infinito.

De vez em quando eu te sinto acariciando o meu rosto

balançando a cabeça,

teus cabelos roçando o vento tua voz acariciando meu ser.

De vez em quando eu te encontro perdida em meus passos

indomável diante dos meus braços distante do meu sentimento.

De vez em quando eu penso em ti como uma borboleta que se foi

como um raio que se apagou ou uma luz que se perdeu no mar.

De vez em quando eu te pressinto tão perto e tão longe

tão perto que nem posso te alcançar,

tão longe que não consigo te esquecer.

De vez em quando eu choro e não consigo conter minha dor

por não poder te ter, por não poder te amar,

por não suportar a força que tem o rastro de uma felicidade.

De vez em quando eu te tenho junto a mim, pois és no meu agora

Chama de uma Saudade

3 Desabafos:

Anónimo disse...

"A ausência diminui as paixões medíocres e aumenta as grandes, assim como o vento apaga as velas, mas atiça as fogueiras"

Margarida Pinto disse...

A saudade é a maior prova do que o passado valeu a pena...
Força Amigo, és especial. Sei o quanto amas, doi muito eu sei mas tens que ser forte.
Não é necessário fazer um grande esforço para ver as tuas grandes qualidades (e não são poucas), só não vê quem não quer e por isso, nós (Amigos) perdoaremos as más...sem dúvida nenhuma.
Amigos como tu existem poucos, muito poucos.
Existem aqueles com quem nos divertimos, existem aqueles com quem falamos, existem aqueles a quem contamos segredos...depois existem aqueles como tu, com quem nos divertimos, falamos, contamos segredos e mais importante, que nos ajudam e estão sempre disponiveis...e esses são tão raros!
Os que tentam ignorar essas qualidades e só te apontam os erros são meros conhecidos e poucos amigos devem de ter.
Nunca te sentiram...
Convence-te que eu serei sempre tua amiga...e eu sei que serás sempre meu amigo, porque quando mais precisei de um amigo, mesmo magoado comigo foste o primeiro a chegar, a ajudar, sem fazer perguntas nem criticar e não precisei de te pedir perdão...porque sei que perdoaste.
Estou contigo...és uma pessoa maravilhosa.
Bjos
Margarida

Nelson disse...

Desconhecia (mais ou menos) este teu lado.
Parabéns Paulo.
Só te quero dizer uma coisa:
Sei que estás sofrido, notou-se bem mas continuas a sempre aquela pessoa com quem gostamos de estar, de conviver, de conversar, de pedir conselhos, de desabafar.
Não é preciso ser muito inteligente para saber que o erro que cometeste é tão comum e toda a gente se faz passar por alguém para descobrir seja o que for de outra pessoa, agora assumiste-o, arrependeste-te, não bateste em ninguém, não mataste ninguém...
Se as pessoas se afastaram de ti é porque têm "algum" interesse na outra pessoa e isso é de caras, não há a menor duvida.
Não era caso para acontecer o que aconteceu ou não seram essas pessoas adulta para perceber isso?
Sabes como eu sou, não sou de meias palavras, se achares por bem apagar o meu comentário sabes que eu compreendo.
Força "PUTO GIRO"!
Tens e terás sempre aqui UM AMIGO!
Nelson Cunha