A todos que visitaram este blog, que fizeram comentários, enviaram mensagens e fizeram perguntas, aqui deixo uma pequena declaração:
Não é segredo a pessoa de que gosto... acho que todos os que nos rodiavam se aperceberam disso embora nunca tenha revelado o seu nome. Para além de ser uma Amiga de alguns anos sempre foi uma pessoa de quem gostei e muito, embora só à pouco tempo lhe tenha revelado por termos as nossas próprias vidas... diferentes.
Não vou mentir ao dizer que queria que tudo se tivesse passado... a quem interessar posso dizer que nada se passa...
Existe apenas uma amizade que quero manter... porque provamos a ambos que o somos... Amigos!
Quero também pedir desculpa a quem se tenha sentido incomodado com essa situação, a quem por muito tenha tentado esconder cumplicidades e não o tenha conseguido, a quem se sentiu de certa forma trocado, a quem tenha interesse nesta pessoa.
Este blog começou à poucos dias e termina mais cedo do que previsto...mas fica acessível para ser recordado por todos. Não é um Adeus...é um até depois...talvez noutras paragens...noutro lugar... ou talvez não, porque ficou a mágoa... ficou a dor... ficou a desilusão mas não ficou o perdão.
Para que não haja duvidas, tudo o que aqui foi escrito foi dedicado a essa pessoa.

*Uma lágrima*
Sentado ao lado dela
espreitei nos seus olhos uma lágrima,
e em meus lábios uma frase a perdoar;
falou o orgulho,
em pergunta inconveniente,
seu pranto secou,
senti nos lábios essa frase expirar.
Eu vou por um caminho,
ela por outro;
mas, ao pensar no sentimento que nos prendeu, digo ainda:
Porque não me calei aquele dia?
E ela dirá: porque não lhe pedi eu para ficar?
Recordarei essa lágrima que apanhei e que guardei...para sempre.


Por aqui me fico... apenas quero dizer que o que ela me deu, embora ela diga que não era o suficiente... eu afirmo que foi, que me deu muito e que fez muito por mim. Atravesso um dos momentos mais delicados da minha vida... sinto-me só... completamente só e ela foi que me segurou... quem me incentivou... quem me segurou na mão... quem me fez deixar de sentir esta solidão... foi ela que me fez sentir apaixonado de novo... por isso tudo... Obrigado!


P.S. Se vou ter esperança?... Claro, quando se ama tem se sempre esperança... mesmo não se estando presente!


Recordem-me... mas com um sorriso (",)
Paulo Benza (Moonwisher)

3 Desabafos:

Iolanda Moreira (Castro) disse...

A saudade já se faz sentir…

Saudade de quem cá fica.

Saudade de quem a cada dia faz com que saiba dar valor a uma relação, a uma relação de amizade, a uma relação de namorados que fomos.

Valores antes desconhecidos que vimos a descobrir, outros conhecidos que se fazem notar.

Um caminho que percorremos juntos, ainda que, por vezes, ausentes da presença física ficou marcado para o resto da minha vida.

És a representação de sorrisos, boa disposição, carinho, coragem, felicidade, dedicação, amizade, companhia.

Senti a tua falta; Sinto a tua falta; A tua falta sentirei e...

Podem ser muitas as palavras aqui escritas, mas continuará a ficar sempre tanto por dizer…

Sabes o quanto te estou grata por tudo aquilo que foste, és e que acredito seriamente que continues a ser, não sabes?
Conheço-te à muitos anos (16 anos...é isso?)
Nunca escondi do meu namorado (agora marido) que te adoro, não como te adorava, mas adoro-te como amigo, como pessoa, como companhia e ele sabe que sim até porque ele também te admira e também sabe que és uma pessoa querida de todos os que te rodeiam.
Têm sorte aqueles com quem lidas.
A vida tem coisas assim...que é preciso ultrapassar...e sei que tu és capaz.
Não acabes com este teu Blog...vejo que não o fizeste e ainda bem!
Adorei o teu Blog e irei continuar a visita-lo sempre que vier à net...prometo!
Um Beijinho muito grande de quem é e será tua amiga para SEMPRE!
Obrigado Paulo.
Iolanda.

Iolanda Moreira (Castro) disse...

Ahhh...adorei o jantar.
Só tu para juntares o pessoal todo...foi muito bom.
Iolanda

Miguel disse...

Só não erra quem não ama, eu sei sou Mestre nisso, e o que dói é que por mais que se explique, que se tente explicar o que as pessoas são para nós, menos nos entendem!
É realmente frustrante saber que não temos peso nenhum na vida da pessoa que nos marcou tanto!!!
Um Abraço
Miguel